Por que o mascote do Flamengo é um Urubu?

0

A representatividade que o Urubu tem como mascote para o Flamengo e sua torcida é muito maior do que se possa imaginar. Até a década de 1960, o mascote do clube era o Popeye, uma clara referencia aos primódios nauticos do clube, mas que naquele momento já não fazia tanto sentido para o torcedor apaixonado pelo futebol rubro-negro.

A origem do Urubu como mascote flamenguista

Urubu Flamengo
Reprodução: Flamengo

A torcida do Flamengo, quase em sua totalidade formada por pessoas negras, recebia das torcidas rivais de Botafogo, Vasco da Gama e Fluminense sempre um grito que ecoava: “Urubu! Urubu! Urubu!” em uma tentativa racista de constranger o torcedor rubro-negro fazendo alusão sobre a cor da ave a cor da pele da maioria dos torcedores.

Em 1 de junho de 1969, o Flamengo enfrentaria o Botafogo pelo Campeonato Carioca. Torcedores, cansados com as atitudes racistas dos rivais, tiveram a ideia de calar a torcida adversária levando um urubu ao Maracanã, que entrou enrolado nas bandeiras. O animal foi arremessado ao voo com uma bandeira rubro-negra amarrada em suas patas, sobrevoou o estádio e pousou elegantemente no gramado. Nascia assim um dos mascotes mais representativos de um clube brasileiro.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.