Vegetti “virou a casaca” e salvou a pele do Flamengo

Principal nome no ataque vascaíno, Vegetti ajudou o Flamengo no ‘Clássico dos Milhões’. Isso porque o atacante desperdiçou várias oportunidades e não levou sorte em outras. Dessa forma, o placar se manteve igual.

No último domingo (4), Flamengo e Vasco jogaram pela sexta rodada do Campeonato Carioca. Apesar da partida ter ficado 0 a 0, ambas as equipes tiveram chance de abrir o marcador. A falta de pontaria prejudicou no espetáculo.

O destaque do primeiro tempo foi a cabeçada de Vegetti, que deixou Rossi para trás. O argentino já tinha saído para comemorar, quando de forma surpreendente Léo Pereira apareceu para tirar a bola em cima da linha.

Vegetti perdeu vários gols e ajudou a deixar o marcador igual

No segundo tempo, um lance inacreditável deixou o torcedor vascaíno louco. Novamente o camisa 9 cruzmaltino teve oportunidade após saída errada de Rossi. A bola passou livre na frente do argentino, que tinha o gol todo aberto, mas furou o chute e perdeu outra grande chance.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Tite, percebendo a pouca efetividade em seu ataque, resolveu mexer no time. Para as vagas de Everton Cebolinha e Pedro, vieram Bruno Henrique e Gabigol. De La Cruz também deu espaço para a entrada de Luiz Araújo. Com isso, o Flamengo teve um volume de jogo maior.

Já no final da partida, Arrascaeta foi derrubado na área e o árbitro assinalou pênalti. Gabigol foi para a cobrança e desperdiçou a melhor oportunidade do Rubro-Negro. O camisa 10 flamenguista chutou rasteiro e fraco, no canto esquerdo de Léo Jardim.

Nas redes sociais, os torcedores do Vasco criticaram a atuação abaixo de Vegetti. Alguns disseram: “O Vasco é o time mais azarado do mundo. Dois gols incrivelmente perdidos”, “Vegetti já merece críticas ou ta cedo? O gol perdido é indefensável, não existe perder um gol sem goleiro…”.

Comentários estão fechados.