Michael deixa Lionel Messi morrendo de raiva e faz argentino perder as estribeiras

Em um amistoso repleto de estrelas e emoções, o Al Hilal, equipe de Michael, ex-Flamengo, enfrentou o Inter Miami, comandado por Lionel Messi, e saiu vitorioso por 4 a 3. A partida, realizada na Arábia Saudita, ganhou destaque principalmente pela celebração de gol de Michael, que imitou a icônica comemoração “SIIII” de Cristiano Ronaldo, gerando polêmica e interpretações de provocação a Messi, que parece não ter gostado muito da situação.

Michael, conhecido por sua característica celebração desde os tempos de Mengão, encontrou-se no centro das atenções após seu gol de cabeça aos 44 minutos do primeiro tempo. As redes sociais repercutiram amplamente o gesto, especialmente considerando a longa rivalidade entre Cristiano Ronaldo e Messi, que têm competido pelos títulos de melhores do mundo há mais de uma década.

Michael minimiza polêmica com Messi

Após o jogo, Michael expressou sua admiração por Messi, minimizando as polêmicas: “Eu não sou ninguém perto do Messi. Essa comparação não é comigo. Sou um grande admirador dele. Sou fã. Agradeço a Deus pela oportunidade de desfrutar e por estar com ele em uma partida de futebol”. Sua declaração visava esclarecer que a comemoração não tinha a intenção de provocar o astro argentino.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Além do gol de Michael, o Al Hilal teve outros marcadores, como Mitrovic, Al Hamdan e Malcom. Do lado do Inter Miami, Messi, Suárez e David Ruiz balançaram as redes.

Com essa vitória, o Al Hilal, comandado por Jorge Jesus, alcançou a impressionante marca de 21 vitórias consecutivas, 20 delas em partidas oficiais, consolidando a liderança na liga saudita com 53 pontos, sete à frente do segundo colocado, Al Nassr, de Cristiano Ronaldo. A equipe agora se prepara para a continuação do campeonato, buscando manter sua forma dominante.

Comentários estão fechados.