Tragédia no Ninho completa cinco anos: Relembre o episódio lamentável

Nesta quinta-feira (08) a tragédia no Ninho completa cinco anos. No dia 08 de fevereiro de 2019, dez garotos da base do Flamengo faleceram após um contêiner pegar fogo no CT Ninho do Urubu. O grave acontecimento chocou o Brasil e serviu de alerta para todos os clubes.

Importante dizer que o Rubro-Negro entrou em acordo com nove das dez famílias que foram vítimas do incêndio do Ninho do Urubu. A única que não aceitou a medida recebe uma pensão mensal do Mengo até que as partes entrem em consenso.

Vale destacar que outros 16 garotos conseguiram sair do local a tempo no momento do acidente. Dessa forma, houve sobreviventes no fatídico acontecimento. Inclusive, um deles atua entre os profissionais, como é o caso de Rayan Lucas.

Fatalidade no Ninho é novamente lembrada

O Flamengo soltou uma nota oficial enquanto o clássico contra o Botafogo acontecia para lembrar das vítimas e aproveitou para esclarecer a situação do processo com as famílias.

“Será um dia muito difícil para as famílias daqueles dez jovens atletas e isso consterna a todos nós e nossa grande torcida. É dia de lamentar e de pedir a Deus por eles. Dia de nos solidarizarmos com as famílias e dar condolências”, iniciou o Rubro-Negro.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“O clube recebeu várias consultas de muitos veículos de comunicação. Sinteticamente, o clube tem a dizer o seguinte: Desde o trágico dia, o clube prestou toda assistência às famílias, tanto psicológica, como financeira”, continuou.

Por fim, o Mais Querido terminou a nota enfatizando o respeito que tem pelas famílias dos garotos do Ninho: “O Flamengo tem o maior respeito e carinho pelas famílias, de modo que externamos aqui, mais uma vez, nossos mais sinceros sentimentos a todos”.

Comentários estão fechados.