Na calada da noite, Éverton Cebolinha acertou sua ida pra Europa

Éverton Cebolinha, um dos mais brilhantes talentos revelados pelo Grêmio nos últimos tempos, encerrou sua jornada no clube em 2020 para embarcar em uma nova aventura no futebol europeu. O atacante confirmou sua transferência para o Benfica, tradicional clube de Portugal, com a despedida marcada por um misto de emoção e gratidão após o clássico Gre-Nal, indicando o fim de um ciclo vitorioso no tricolor gaúcho.

O acordo, concretizado na sexta-feira, 7 de agosto de 2020, girou em torno de € 20 milhões (aproximadamente R$ 125 milhões na época), além de uma cláusula de mais-valia de 15% em caso de futura transferência do jogador, beneficiando financeiramente o Grêmio.

Éverton Cebolinha vai para a Europa e surpreende

A negociação, que já vinha sendo especulada e ansiosamente acompanhada pela mídia e pelos torcedores gremistas, foi finalmente selada, encerrando as especulações e confirmando a mudança de ares de Cebolinha.

Éverton Cebolinha, que se destacou pelo seu estilo de jogo ágil, habilidoso e por seus gols decisivos, deixou o Grêmio como um dos jogadores mais queridos e respeitados pela torcida. Sua partida para o Benfica representou não apenas uma perda técnica significativa para o time gaúcho, mas também o fim de uma era marcada por conquistas e atuações memoráveis do atacante.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A transferência simbolizou um passo importante na carreira do jogador, que buscava novos desafios no cenário europeu, e também evidenciou o contínuo processo de valorização e exportação de talentos do futebol brasileiro para o exterior.

O Grêmio, por sua vez, viu na venda uma oportunidade de ter um significativo ganho financeiro com a venda do atleta, enquanto torcedores e admiradores do futebol se despediam de um dos maiores ícones do clube na época.

Comentários estão fechados.