Grêmio está perto de fechar contrato com ex-Flamengo

Voltando da segunda divisão e fazendo ótima campanha no Campeonato Brasileiro, o Grêmio terminou a competição sendo o vice-campeão. Dessa forma, o clube do Sul pretende renovar o contrato do ex-técnico do Flamengo.

Em 2021, Renato Portaluppi assumiu o comando do Rubro-Negro. Chegando sob enorme alegria da torcida, o trabalho não resultou em títulos, culminando na demissão do treinador. O ‘fim da linha’ para o comandante veio após a derrota por 2 a 1, diante do Palmeiras, pela final da Copa Libertadores. Um dia depois de ficar com o vice-campeonato, foi anunciada a demissão.

De volta ao Grêmio na reta final da Série B, o técnico ajudou o clube a subir novamente para a elite do futebol brasileiro. Fazendo ótima campanha, terminou na segunda colocação, dois pontos atrás do campeão Palmeiras. Enquanto o alviverde fez 70 pontos, o Tricolor Gaúcho chegou aos 68. Interessante ressaltar que o time azul e preto teve 21 vitórias, uma a mais que o detentor do título.

Grêmio encaminha a renovação, mas precisa resolver umas pendências

O Grêmio deseja finalizar as conversas sobre a permanência ainda nesta semana. Para isso, precisará contornar divergências na negociação para a continuidade do ídolo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

As duas partes querem a sequência em 2024. Entretanto, o técnico tem a intenção de receber uma valorização salarial pela campanha da temporada. Além disso, a discussão sobre investimentos para o próximo ano também foi colocada em pauta.

Pensando em agilizar a renovação, o Grêmio cogita um leve aumento no salário de Renato, para finalizar essa questão o mais rápido possível e dar seguimento à busca por contratações. O Conselho de Administração do imortal autorizou aumentar a folha salarial em cerca de R$ 4 milhões na próxima temporada.

Com a volta do Tricolor Gaúcho à Libertadores, Renato Portaluppi entende ser necessária uma postura agressiva no mercado para a equipe conseguir brigar pelos principais títulos em 2024.

Comentários estão fechados.