Arrascaeta joga no ventilador: “Flamengo me prometeu e não cumpriu”

Um dos principais jogadores do Flamengo nos últimos, Arrascaeta é destaque pela qualidade técnica e capacidade em criar jogadas, além de comandar o meio de campo da equipe. Apesar de ser conhecido pela tranquilidade e se dar bem com todo mundo, o camisa 14 realizou forte desabafo sobre promessa não cumprida pelo Rubro-Negro.

Durante entrevista para um canal uruguaio, ‘Es Todo un Tema TV’, Arrascaeta foi questionando pelo apresentador Nico Musetti a respeito de não ter ficado com a camisa 10 após Diego Ribas anunciar aposentadoria. O meia expôs detalhes da situação.

— Quando eu ia vir para o Flamengo me disseram que me dariam a 10 (camisa). Obviamente eu gosto desse número e se tivesse a possibilidade logicamente eu queria. Joguei no Defensor (URU), na Seleção do Uruguai e no Cruzeiro. Bem depois já estava tudo formalizado para o Gabigol ser, mas não tenho nenhum ressentimento -, esclareceu o craque Sul-Americano.

Arrascaeta menciona acontecimento importante no Mais Querido

— Ele (Gabigol) não me perguntou nada. Os líderes já haviam combinado que era para ele e o que vou dizer depois de tudo o que ele ganhou aqui -, finalizou o meia.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Apesar de surpreender vários torcedores com essa declaração, Arrascaeta fez questão de dizer que não guarda nenhuma mágoa ou sentimento negativo pelo que aconteceu. Inclusive, o meio campista e atacante se dão muito bem fora dos gramados.

Chegando no Rubro-Negro em 2019, o camisa 14 já conta com 247 partidas vestindo o Manto Sagrado. Neste recorte, o Flamengo venceu 157 jogos, empatou 52 e perdeu 38. Ou seja, tendo o meia em quanto, o Mengo possui um aproveitamento de 70%. Somado a isso, foram 63 gols marcados pelo craque.

Comentários estão fechados.