Acabou a paciência com Pedro no Flamengo

Depois de ter tido uma atuação apagada no empate por 0 a 0 contra o Vasco da Gama, o centroavante Pedro, do Flamengo, também não foi bem na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo na noite desta quarta-feira (7) pelo Campeonato Carioca e foi substituído por Tite no segundo tempo. Ao deixar o campo para a entrada de Gabigol, o camisa 9 foi vaiado por torcedores presentes no Maracanã.

Na entrevista coletiva após o clássico, o técnico Tite comentou sobre as vaias destinadas a Pedro e aos aplausos para Gabigol. Na opinião do comandante do Flamengo, a torcida que lotou o Maracanã apoiou o time durante a partida, mas não esteve muito contente com a atuação, o que foi considerado ‘normal’.

“A torcida deu apoio. Ela estava até um pouco impaciente pelo resultado. Temos que entender a reação da torcida. Às vezes tocava uma bola de lado e ela reclamava. Reclamava aqui atrás do banco. Mas não dá para perder a consciência, que vai sair de qualquer jeito e fazer o gol. Por isso que falo para os atletas terem maturidade. Vai dando crédito”, explicou Tite.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Torcida do Flamengo ficou na bronca com Pedro

Ainda durante a entrevista coletiva, Tite falou também sobre disputa de Pedro e Gabigol para assumir o comando do ataque do Mengão. O camisa 9 tem tido a preferência do treinador, enquanto a torcida rubro-negra pede mais oportunidades ao camisa 10.

“Titularidade é a sequência de jogos, são os momentos de cada. O Pedro tem sido goleador, Gabi também da mesma forma. Tem a possibilidade, em alguns momentos estratégicos do jogo a gente usar os dois juntos. Dois grandes atletas”, encerrou Tite.

Comentários estão fechados.