Ronaldinho Gaúcho confirmou retorno e assinou com o Flamengo

Em 2011, o Flamengo fez um anúncio que sacudiria o cenário do futebol brasileiro: a contratação de Ronaldinho Gaúcho, astro de renome internacional, que vestiu a camisa Rubro-Negra na época, ganhando apenas um Campeonato Carioca pelo clube, e não cumprindo os quatro anos de contrato previstos.

No entanto, na época, a notícia foi divulgada com pompa no site oficial do clube. Ela aconteceu após intensas negociações que reuniram a cúpula do Mais Querido, o empresário e irmão do jogador, Assis, e Adriano Galliani, vice-presidente do Milan, em um encontro decisivo num hotel da zona oeste do Rio de Janeiro.

Ronaldinho Gaúcho assinou com o Flamengo e surpreendeu o mundo

A presidente do clube na época, Patricia Amorim, não escondeu a satisfação pela conquista, destacando o Flamengo como um gigante que merecia um ídolo à altura de sua grandeza, sobretudo no futebol, considerado o carro-chefe da instituição. “O Flamengo pode comemorar, o Ronaldinho Gaúcho é nosso”, declarou, convocando a torcida flamenguista a celebrar a chegada do novo camisa 10.

A oficialização de Ronaldinho como jogador do Mengão foi acompanhada pela promessa de uma apresentação grandiosa. Segundo Amorim, a escolha de Ronaldinho pelo Flamengo foi motivada não apenas pelo projeto esportivo, mas também pelo desejo do próprio atleta de integrar o time carioca, desafiando expectativas e superando obstáculos na negociação.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Com a assinatura do contrato, Ronaldinho Gaúcho, prestes a completar 31 anos, foi projetado não apenas como um reforço para o time, mas como o “melhor no maior do mundo”, conforme exaltado pelo Mais Querido em sua plataforma digital.

Comentários estão fechados.