Rodrigo Caio ODIOU trabalhar com Sampaoli! Veja o que ele disse

Encerrando sua passagem pelo Flamengo, Rodrigo Caio mandou a real sobre o trabalho de Jorge Sampaoli no Rubro-Negro. Atleta não tem boas lembranças do treinador.

Concedendo entrevista ao ‘GE’, Rodrigo Caio mostrou insatisfação com as poucas oportunidades sob o comando de Sampaoli. O zagueiro revelou que nunca teve diálogo, além de não ter perspectiva em atuar com o argentino.

Por esse motivo, o defensor não guarda boas lembranças do ex-técnico. Na visão do camisa 3, ele estava com boas condições físicas para entrar em campo. Devido a esse acontecimento, o jogador não guarda boa memória do período em que o treinador esteve no cargo.

Rodrigo Caio expõe todos os problemas de bastidores

“Quando o Sampaoli chegou, as perspectivas eram das melhores. Pelo estilo de jogo dele, pelo meu estilo, eu achei que as oportunidades iam surgir. Não que eu tivesse que ser titular, isso você conquista nos treinamentos e nos jogos. Mas as oportunidades nunca apareceram. Eu nunca tive um diálogo para que isso fosse esclarecido, e eu sempre ali trabalhando e me sentindo no nível dos outros”, iniciou.

Rodrigo Caio continuou esclarecendo a situação: “Respeitei as decisões dele e continuei a me dedicar. Muitas vezes eu não queria estar lá e falo com os meus companheiros que era muito mais por eles, treinando por eles. Tudo o que eu vivi esse ano foi muito difícil. Não tinha nenhuma perspectiva. Teve treinamento que eu sabia que independente do que eu fizesse, eu não ia jogar”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“E falava: “Pessoal, estou aqui por vocês, pelo respeito que temos um pelo outro, por aproveitar o que construímos e é difícil viver novamente”. Foram oito meses com o Sampaoli, todos os dias que eu ia para o CT, eu trabalhava acreditando em ter uma oportunidade.”

Com cinco anos de Flamengo e 11 títulos conquistados, Rodrigo Caio se tornou ídolo da Nação.

Comentários estão fechados.