“Pai” de Lionel Messi foi anunciado como nova contratação do Flamengo

Em 2011, o Flamengo fez um anúncio que entrou para a história do clube: a contratação de Ronaldinho Gaúcho, apelidado carinhosamente por alguns amantes do futebol como “pai do Messi”, por sua influência e lições ao jovem astro no período em que ambos jogavam pelo Barcelona.

A oficialização da contratação foi anunciada através do site do clube, marcando o início de uma nova era no futebol Rubro-Negro, com um contrato de quatro anos. A presidente do Flamengo na época, Patricia Amorim, não escondeu sua emoção ao confirmar o acordo.

Em uma coletiva expressa, ela destacou o desejo ardente de Ronaldinho de vestir a camisa do Flamengo, uma vontade que se transformou em realidade após intensas negociações. “O Flamengo tem de ser grande”, declarou Amorim, chamando a Nação Rubro-Negra para celebrar a chegada de um ídolo.

O “pai de Messi” jogou no Flamengo em 2011

A contratação não foi apenas uma vitória esportiva, mas também um triunfo na perseverança, como destacou Amorim, enfatizando que, apesar das adversidades e da competição acirrada, a proposta do Flamengo prevaleceu.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

No anúncio do clube, Ronaldinho, prestes a completar 31 anos, exibiu a camisa 10 do Flamengo, simbolizando não apenas seu novo número, mas também o legado que estava prestes a construir no “maior do mundo”.

A chegada de Ronaldinho ao Mais Querido, onde ele continuou a ensinar e inspirar, assim como fez com Messi, foi um marco, reafirmando o Rubro-Negro como um gigante não só no Brasil, mas no cenário futebolístico mundial, tendo em seu grupo um jogador de nível mundial como Ronaldinho.

Relembrando, ambos os jogadores têm uma relação de longa data. Foram companheiros de equipe no Barcelona no início do século, e conquistaram juntos uma Champions League, duas La Ligas e duas Supercopas da Espanha, marcando seus nomes na história do clube catalão.

Comentários estão fechados.