Gabigol dispara sobre Tite: “o Pedro é a preferência dele”

Tendo a pior temporada vestindo a camisa do Flamengo desde que chegou em 2019, Gabigol voltou a ser tema após fala envolvendo Tite e Pedro. Veja o que o ídolo flamenguista disse.

Na última segunda-feira (11), Gabigol esteve presente no Podcast ‘Podpah’. Durante o programa, o atacante falou de vários assuntos até que o apresentador questionou o camisa 10 a respeito de sua relação com Tite. O jogador foi sincero ao dizer que não está satisfeito em ter ficado no banco de reservas nesta reta final de Campeonato Brasileiro.

“Ele (Tite) tem um estilo de jogo. Ele levou o Pedro para a Copa, o Pedro é a preferência dele. O estilo de jogo é mais propício ao Pedro. O que eu tenho que fazer é trabalhar e mostrar que eu posso ser útil. Eu não estou suave no banco, eu falei isso para ele, eu quero jogar. Eu saí da Inter de Milão e do Benfica porque não estava jogando”, explicou o atleta.

Gabigol expõe a real sobre relação com o comandante do Mengo

“Não é individualista, é ter mais oportunidade. Todo mundo foi titular com ele e eu ainda não fui. Tipo assim, contra a América Mineiro eu não entrei, contra o Cuiabá eu não entrei, praticamente acho que todos os jogadores já saíram jogando com ele. Tipo, eu não, ‘tá’ ligado? Então, é claro que eu fico (irritado)”, finalizou o atacante do Flamengo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Desde a chegada de Tite no comando técnico do Rubro-Negro, Pedro foi a opção utilizada como titular. Por outro lado, Gabigol ficou na reserva, entrando apenas no segundo tempo e em algumas partidas sequer saindo do banco.

Em 2023, o camisa 10 participou de 58 jogos pelo Flamengo, com 20 gols e quatro assistências, sua pior temporada em cinco anos no clube.

Comentários estão fechados.