Advogada de torcedor agredido se manifesta e Marcos Braz está assustado

Nos últimos dias foi divulgado as imagens do caso envolvendo Marcos Braz e um torcedor do Flamengo. O Vice-presidente de futebol agrediu Leandro Campos, no Barra Shopping, Rio de Janeiro, no dia 19 setembro de 2023. A advogada do rapaz rebateu as falas do dirigente.

Na manhã de quinta-feira (01), ao desembarcarem na ‘Cidade Maravilhosa’, Marcos Braz falou rapidamente com os jornalistas e disse que vai pedir o áudio das imagens. Porém, Ani Luizi, advogada do torcedor agredido, rechaçou as palavras do executivo.

Em entrevista para o site ‘Coluna do Fla’, a jurista enfatizou que as câmeras do shopping não possuem áudios. Ainda conforme Ani, essa fala do dirigente foi mais um “argumento proletário”, visto que o VP “não tem mais o que falar”. Ela concluiu dizendo que, ao observar as imagens, fica nítido o fato do encarregado ter “mentido o tempo todo”.

Marcos Braz se pronunciou e fez pedido

No momento que chegou ao Rio de Janeiro, o vice-presidente se pronunciou sobre o caso de agressão. O diretor de futebol pediu para os advogados à frente do ocorrido divulgarem as imagens acompanhado dos áudios. Vale destacar que isso já foi solicitado à Justiça pela defesa do também vereador.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Recentemente Ani Luizi entrou com uma nova ação cível contra Marcos Braz, pedindo reparação por danos morais em razão da agressão física, da exposição e toda humilhação que Leandro Campos passou com essa situação.

Além disso, a advogada do torcedor ainda adicionou no processo falsas acusações do dirigente Rubro-Negro. Enquanto isso, as partes esperam a realização da audiência, que foi marcada para o dia 27 de fevereiro, às 14h (horário de Brasília), no Fórum Regional da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Comentários estão fechados.